Este ano será de grande expectativa para todos os profissionais e empresas envolvidos com geomarketing, já que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) anunciou que vai usar novas tecnologias e metodologias para o Censo 2010, incluindo a utilização de receptores GPS pelos recenseadores. Isso vai gerar novos dados espaciais e demográficos que prometem revolucionar o geomarketing nos próximos anos. De acordo com Reinaldo Gregori, diretor da Cognatis, alguns exemplos que mostram como as empresas brasileiras vêm usando a inteligência em suas análises são as aplicações em expansão de negócios, gestão de redes, definição de mix de produtos por ponto de venda, otimização de áreas de vendas e rotas de distribuição, aplicação de marketing direto, exposição em mídia externa, enriquecimento cadastral, incorporação imobiliária, entre outras.

Acesse o link e veja matéria completa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.